Cultivar o Equilíbrio Emocional

As emoções são uma componente essencial da nossa vida. Aquilo que sentimos e a forma como nos relacionamos com os outros é profundamente influenciado por esta camada da nossa experiência. Mas o que são as emoções? Como é que elas contribuem para o nosso bem-estar? E será que é possível treinarmo-nos para gerirmos com maior sabedoria e compaixão a nossa experiência emocional? O programa CEB nasceu com o objetivo de trazer ferramentas práticas que nos ajudem a responder a estas questões.

Saber Mais

Close

Cultivar o Equilíbrio Emocional (CEB) é um programa educacional de 42 horas que combina a sabedoria de duas tradições: a psicologia ocidental e as tradições contemplativas do oriente.

As metodologias adotadas no programa procuram facilitar uma exploração individual da nossa vida emocional, bem como conduzir-nos a uma reflexão mais profunda sobre o nosso bem-estar e aquilo que o determina.

Num mundo cada vez mais permeado por stress, incerteza e alterações repentinas, torna-se essencial que sejamos capazes de desenvolver recursos internos para fazer face a esta realidade.

Tornarmo-nos mais conscientes das nossas escolhas, emoções, pensamentos e padrões de resposta é um pilar fundamental para esse processo de transformação, onde a liberdade emocional, a resiliência, um maior sentido de equilíbrio, e uma atitude mais altruísta e compassiva passam a estar mais acessíveis.

 

 

Exploração de quatro dimensões da nossa experiência

Liberdade e Escolha Emocional

“Entre um estímulo e uma resposta, há um espaçoNesse espaço está a nossa liberdade e o nosso poder para escolhermos a nossa resposta. Nessa resposta está o potencial do nosso crescimento e o do nosso bem-estar.”

Victor Frankl

Gestão da Atenção

Melhoramos a nossa capacidade de direcionar e manter a atenção num objeto à nossa escolha

Consciência e Regulação Emocional

Tornamo-nos mais hábeis a reconhecer, nomear e transformar as experiências emocionais pelas quais passamos diariamente

Resiliência

Modificamos a nossa resposta à mudança e à adversidade, ao cultivarmos um bem-estar que está menos dependente das circunstâncias externas

Empatia e Conexão

Aprofundamos a compreensão da experiência do outro ao estabelecermos uma nova forma de nos conectarmos, mais altruísta e compassiva